segunda-feira, 21 de maio de 2012

Conforto pra quem perdeu um ente querido...

Extraída do livro: ELE ENXUGARÁ SUAS LÁGRIMAS, de Carlos A. Schmitt....

MENSAGEM
Se nossa fé não for além dos horizontes materiais, se Deus não significar a certeza de nossa vida que se eterniza, se a ressurreição do Cristo não for protótipo da nossa, qual será nossa esperança, qual será nosso consolo?
Você precisa da presença de um amigo que descubra, com você, novos horizontes para seus olhos cansados de chorar, para o coração inconformado com a perda de quem, a seu ver, não deveria ter partido ainda. Sei que pouco dizem as palavras quando o sofrimento fala bem alto do que elas. Sei, porém, que a sua fé realiza maravilhas e você está lembrando muito bem que sua vida continua. Por isso mesmo, você precisa superar as lágrimas, por mais difícil que seja, e readquirir aos poucos o sorriso que fugiu do seu olhar. Chorar é humano. É sinal de estima. De amor. De solidariedade. Chorar alivia. Por isso, não faz mal que você chore. Quando as lágrimas lavam o coração – porque ele ama – elas são uma bênção. Contudo, lembre-se, amigo, de que você precisa retornar à lide cotidiana. “fortifique seu coração em Deus e erga os joelhos vacilantes”, e retome sua vida. Há sempre alguém precisando de você. Só a fé em Jesus Cristo é capaz de lhe dar o consolo que você procura. Diante da morte, todos os argumentos terminam. Somos limitados demais para encontrar a resposta exata que o nosso coração almeja. Para quem tem fé, a morte deixa de ser um fantasma e se torna a condição indispensável para o encontro do homem com Deus. Para quem crê em Jesus Cristo, a morte é o começo da felicidade eterna, libertação de todas as amarras que prendem nosso corpo à terra. É começo de tudo, e não “fim de tudo”, como infelizmente ousam afirmar incrédulos e materialistas. O passo mais importante e decisivo que você vai dar um dia ( quando será?...) é o momento de sua morte. Siga Jesus Cristo e confie nele. Há um lugar preparado para você no céu. Veja de não perdê-lo! Se fôssemos apenas matéria, desapareceríamos no pó da terra e ninguém se lembraria mais de nós. Mas, se você leva flores ao túmulo de quem ama ( veja, eu disse “ama” e não “amou”), é porque dentro de você a vida de Deus fala bem mais alto que a descrença de quem pretende reduzir o homem ao nível das coisas. O irmão que partiu não era objeto de carne, mas, sim:pessoa, criada à imagem e semelhança de Deus e , por isso mesmo, possuidor de uma alma imortal, de uma vida que não morre. Para Deus nada é impossível. E foi Jesus Cristo quem no-lo disse e provou que Deus é o Senhor da vida e todos havemos de ressuscitar um dia. A Paixão de Jesus Cristo veio dar um sentindo novo à dor. A partir da cruz, ela se tornou redentora. Santifica não apenas vocês , que sofrem, mas também os outros. Em vista da eternidade, nossa vida é comparada “ ao sopro do vento que passa” e por isso todo sofrimento é passageiro, quando nos lembramos dos infinitos tesouros que Deus reservou para aqueles que ama. Os justos são provados por Deus, diz a Escritura, e a dor os purifica de seus pecados, tornando-os semelhantes ao Cristo.Creia, amigos: Nada acontece em vão no mundo. Tudo está previsto por Deus. Nós é que, às vezes, não entendemos nada de nada. Porque somos pobres, limitados demais diante do mistério. A Sagrada Escritura é clara e concisa: “ Deus o levou para não deixar que o mal lhe corrompesse a inteligência, nem a falsidade lhe seduzisse a alma. Porque sua vida agradava ao Senhor, este, sem mais espera, de um mundo perverso o retirou.”. E o livro inspirado acrescenta: “ E os povos viram-no, sem entender”. Sem entender, como nós, que a morte prematura pode ser um favor, uma graça de Deus para seus eleitos. Diante da palavra de Deus, atual e viva, convido você a meditar sobre os desígnios do Senhor, e seu luto converter-se-á em esperança. Quem, aqui na terra, estiver unido a Deus, por uma vida de santidade e de justiça, vivendo o amor de Cristo até as últimas conseqüências, é lógico que estará eternamente unido a Deus, depois de sua passagem pelo mundo. Pois, como diz o apóstolo, “ Quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor”. O céu ou inferno são conseqüência direta da vida que você leva na terra. A morte eterniza o estado de vida e de opção que você vinha levando. Portanto, lembre bem o que São Paulo diz: “ Agora é o tempo da salvação”. Se você espera salvar-se “depois”, está muito enganado...Não pense tanto no irmão que partiu, no vazio que deixou, na saudade que fere, como na sua preparação para o reencontro. A morte é o começo de uma história de amor que você vai viver, eternidade afora, com Deus e com os irmãos. Por isso, prepare-se bem para esse dia. Se de momento é duro aceitar a separação, se há tantos mistérios circundando o seu coração intranqüilo e infeliz pela perda do ente querido, volte seus olhos para Deus e faça uma prece de esperança na vitória final. Você viverá um dia a alegria do grande reencontro. Total. Definitivo. Onde não mais haverá despedida. Onde não mais haverá separação. – Você reencontrará o filhinho que partiu com pouco tempo. Será o dia da grande festa. E não haverá medo, nem pranto. Apenas alegria, apenas Amor. Prepare-se, amigo, para este dia. Esqueça as lágrimas, e olhe para frente. Viva profundamente o amor a Deus e ao próximo, e você passará da morte para a vida, porque amou seu irmão. E você poderá dizer, exultante de júbilo: “ Na minha própria carne verei a Deus. Eu mesmo o comtemplarei com os meus próprios olhos.” “E Deus enxugará toda lágrima de seus olhos.” Sim, meu amigo: ELE enxugará suas lágrimas. Ninguém melhor do que ele, para compreender a sua dor. Não queira, pois, revoltar-se, se você não compreende o porquê de tudo que sucedeu. Deus, nosso pai, sabe o que faz. Ele velará por você e não o deixará sozinho.

5 comentários:

  1. Querida Valéria,Li seu blog, sua história é quase igual a minha. Gostei muito, Chorei muito também quando li, ainda não ENTENDO por que Deus permitiu que isso acontecesse com agente.
    Quero ficar sempre em contato com você, para que possamos dar força uma a outra !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje estou muito triste.....Minha amiga pedeu filho e esta inconsolada, eu tenho minha filha o amor é dimais é muita dor.....

      Excluir
  2. Perdi meu filho com 23 anos.Na noite de 29/12/2011.assasinado nao suporto de saudades.Mas oro por todas nos.raio de sol

    ResponderExcluir
  3. oi sou amiga de uma mamãe também chamada Valéria ela perdeu sua filinha no dia 14.04.13 um anjinho de 2 aninhos chamada Ester Rebeca queria que você me ajudase estou procurando uma mensagem para escreve em uma camisa em homenagem ao meu anjinho vc pode me ajuda por favo

    ResponderExcluir
  4. uma das coisas que me doeu quando recentemente eu perdi meu irmão de criação,foi o pouco caso que as pessoas fazem com relação ao sentimento da perda....vc não tem o direito nem de sofrer em paz!as pessoas te cobram uma força nu momento em que vc esta mais frágil,como se algo normal perder alguém a quem se ama...estou ainda muito triste mais não me deixam chorar em paz!

    ResponderExcluir